Liliana da Costa Miranda (MCC) –

O 110º Cursilho de Senhoras da Diocese de Setúbal decorreu de 28 de novembro a 1 de dezembro, na Casa de Oração de Santa Rafaela Maria, em Palmela, tendo obtido o “Sim” entusiasmante de 14 novas valentes cursilhistas. Na direção espiritual do Cursilho estiveram os sacerdotes Padre Miguel Alves e Padre António Estevão.

O Encerramento do 110º Cursilho de Senhoras decorreu com o fulgor e emoção que lhe é característico, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro e contou com a presença do Bispo de Setúbal, D. José Ornelas e de uma comunidade alegre e contagiante de cursilhistas mais antigos da Diocese de Setúbal.

No culminar do Encerramento destacam-se os testemunhos emotivos das novas cursilhistas que fizeram o seu encontro com Cristo, partilhas vivas e cheias da presença e amor de Cristo; os testemunhos dos Cursilhistas com um 4º dia mais longo na comunidade, que partilharam as suas vivências no amor de Cristo e no seio da comunidade Cursilhista, especialmente nos seus grupos.

Na sua mensagem às Novas e a toda a comunidade Cursilhista, o nosso Bispo D. José Ornelas, sublinhou a importância do Movimento dos Cursilhos de Cristandade na missão de dar testemunho vivo do Evangelho e do amor de Cristo, na Diocese e junto daqueles que ainda desconhecem o seu amor.

A propósito do papel do MCC na Diocese, D. José referiu que é preciso fazer crescer o nosso amor com Cristo e que, nesta Igreja em missão, é preciso trazer sempre mais e mais pessoas, sendo esta a atitude que O Senhor nos pede.
O caminho de cada uma das novas cursilhistas passa agora, no início do seu 4º dia, por levar com louvor a alegria do Evangelho Vivo a cada um dos seus ambientes.

05 de dezembro de 2019

Liliana da Costa Miranda (MCC)