Que a comunhão do vosso corpo e sangue me guarde para a vida eterna

Para a recepção da comunhão do corpo e do sangue vivificantes do Cordeiro imaculado, Jesus Cristo, diz: Que o teu corpo venerável e o teu sangue precioso, meu Senhor Jesus Cristo, guardem o meu corpo e a minha alma para a vida eterna. Que a tua paz esteja comigo. Que eu receba para sempre em Ti, ó Jesus, paz verdadeira, paz sobre paz, a fim de que, por Ti, chegue àquela paz que ultrapassa todo o sentimento, na qual, feliz, Te verei em Ti, por toda a eternidade.

 

Domingo XI do Tempo Comum – Ano A – 14-6-2020