Estamos a iniciar a Quaresma, tempo de renovação e de esperança, que o ciclo da nossa vida em Igreja nos oferece. Cansados da pandemia que já dura mais de um ano, todos ansiamos por regressar à vida e às relações que nos vão escapando e de que sentimos saudade.

“Regressar” é também o sentido daquilo que na Bíblia se chama “converter-se”, mudar de vida, que carateriza este tempo de Quaresma. Regressar às raízes, à autenticidade, à felicidade. Não é um simples regressar ao passado, mas um regressar ao fundamento válido que torna possível um futuro renovado.

Regressar/converter-se designa o regresso do povo de Deus do exílio de Babilónia, para reconstruir as cidades e o país. É igualmente utilizado por João Batista e Jesus, para falar do regresso ao projeto de Deus que cria um mundo novo baseado em pessoas renovadas pelo seu Espírito. Alguns traços fundamentais do regressar/converter-se são particularmente importantes: regressar a si mesmo, regressar a Deus, regressar a relações renovadas; renovar o cuidado com quem precisa.

 

Veja a Mensagem completa no Link abaixo:

https://diocese-setubal.pt/2021/02/19/quaresma-tempo-de-renovacao-e-de-esperanca-mensagem-de-d-jose-ornelas-para-a-quaresma-2021/