Caros paroquianos,

Há 2 anos que nos vimos numa alteração brusca nas nossas vidas, fruto do estado pandêmico que atravessamos, ao mesmo tempo que uma série de condicionalismos alteraram e a mudaram os nossos hábitos e tradições.

Contudo, ainda que condicionados, não podemos demover-nos de viver… Podemos estar privados, mas não mortos…

Deste modo, tendo em conta este contexto, no próximo dia 29 de junho, dia em que na Paróquia celebramos a festa de São Pedro, padroeiro dos nossos pescadores vivido e comemorado por toda a comunidade montijense, vamos assinalar o dia como ato de fé e esperança para toda a comunidade.Não será da forma a que estávamos habituados, mas não deixaremos de celebrar tão importante solenidade.

Neste dia serão celebradas três eucaristias ( conforme o limite de paroquianos que comporta a nossa igreja) e sairá a imagem de São Pedro pelas ruas da nossa cidade, para que reacenda e fortaleça a fé, a esperança e a confiança que perpassa o mero devocionismo, mas para que continuemos a confiar à proteção e intercessão de São Pedro a nossa terra que, embora sujeita a vicissitudes, se predispõe a acolher as graças e a proteção de Deus segundo a sua vontade.

Convidamos a que este momento possa ser marcado com o engalanamento das casas, janelas, varandas e ruas por onde a imagem de São Pedro irá passar, e assim expressar, nestes tempos difíceis que vivemos, a vida, a alegria, a comunhão e a esperança.

A todos com os mais cordiais cumprimentos,

Pe João Nabais Dias

 

NOTA: Brevemente indicaremos as ruas por onde a Imagem de S. Pedro irá passar.