A carregar Eventos

« Todos os Eventos

Este evento já decorreu.

DOMINGO II DA PÁSCOA ou da Divina Misericórdia | “Quanto mais a alma confiar, tanto mais receberá”.

11 Abril Todo o dia

A HORA DA MISERICÓRDIA

Sabemos que Nosso Senhor quer que nós rezemos e imploremos por misericórdia para o mundo.

Ele deu à Santa Faustina uma ordem especial sobre as Três Horas da Tarde:

… Às três horas da tarde, implora a Minha misericórdia especialmente pelos pecadores e, ao menos por um breve tempo, reflecte sobre a Minha Paixão, especialmente sobre o abandono em que Me encontrei no momento da agonia.

Esta é a Hora de grande misericórdia para o Mundo inteiro.

Permitirei  que penetres na Minha tristeza mortal. Nessa hora nada negarei à alma que Me pedir pela Minha Paixão.

Nessa hora, conseguirás tudo para ti e para os outros.

Nessa hora realizou-se a graça para todo o Mundo: a misericórdia venceu a justiça.

A CONFIANÇA E A DIVINA  MISERICÓRDIA

O fundamento da mensagem da Divina Misericórdia é a confiança.

Somos como vasos de misericórdia e o quanto de misericórdia estes vasos irão armazenar e distribuir para os outros, depende da nossa confiança.

E a confiança requer conversão do nosso coração e de nossa alma para enterdermos a Misericórdia de Deus, sermos misericordiosos com os outros, e para deixarmos Deus dirigir as nossas vidas.

“Confia no Senhor, de todo o teu coração, e não te fies na tua própria inteligência”.

Confiar em Deus é fácil quando as coisas vão bem, contudo, em tempos de provação, sofrimento, dúvida, fraqueza e ansiedade, começamos a imaginar; “onde está Deus?” | “Ele realmente existe?”

Se rezamos e acreditamos que estamos fazendo a Sua vontade, então nós devemos pedir por força e firmeza na fé.

Mas estamos tão acostumados a controlar e se encarregar de tudo e somente mais tarde entendermos que Deus estava nos concedendo uma oportunidade de fortalecermos nossa fé.

A confiança é a chave para se viver a mensagem da Divina Misericórdia,

Quando nossa fé é testada em tempos de provação e sofrimento, reflitamos no que Jesus falou para Santa Faustina:

“Quanto mais a alma confiar, tanto mais receberá”.